Slide toggle

Quem sou eu

Mãe, ilustradora, designer e empreendedora. Apaixonada por bichos, jogos, livros e chocolate. <3 Bem-vindo ao meu mundo =]

O que eu faço

Ilustras e letterings personalizados que podem ser aplicados em posters, canecas, almofadas, papelaria, convites, etc. <3

Meu pqzão :)

Quero contagiar o maior número de pessoas com coisas positivas, porque quando a energia muda, nós mudamos as nossas atitudes. E atitudes mais positivas mudam o mundo pra melhor. <3 <3

Infos

Seg - Sex: 09:00 - 18:00 São Paulo 55 11 98455-9914 katia@flyink.com.br

Categoria: Letterings

GT por um dia

Coisas que aprendi com Geronimo Theml 🙂

Capitão Haddock

Viaje mais e ame mais

Coragem

Vamos nos reinventar e fazer de 2017 um ano que, de fato, tenha MUITAS REALIZAÇÕES?

Sonhar acordada

Mudanças

Acho essa frase do Brandon Burchard muito boa. Durante muito tempo queria mudar as condições da minha vida, mas não tinha coragem. Ficava submissa às circunstâncias. Era fácil, cômodo.. a gente tem a tendência de culpar os outros quando as coisas não dão certo para a gente. E achava que era o normal, que a vida precisava ser daquele jeito, sem muito sentido. Não conseguia falar basta para situações abusivas. (no caso, a minha insatisfação era profissional)

Quando comecei a ter mais clareza do que eu queria para a minha vida, o cenário em que eu estava inserida me incomodou demais. Mais do que incomodar, doía. E isso me fez questionar muitas coisas e falar não para abusos. Demorou quase 1 ano para o movimento entre a dor e o salto acontecerem.

Fazem 9 meses que, literalmente, mudei de vida. Exigiu muito, e ainda exige. Mas não me arrependo. Hoje, tenho a liberdade de viver e caminhar em direção ao meu propósito, com mais equilíbrio e mais leve.

As mudanças são necessárias.

Mudança de mindset.

Mudança de atitudes.

Faz muita diferença. <3

Só pra deixar o dia mais leve :)

Progredindo…

Mesmo não tendo tido muito tempo pra treinar nesse mês de agosto, senti que estou menos “travada” pra desenhar. Antes eu via uma página em branco e acontecia duas coisas simultaneamente: ficava feliz de ter uma página pra desenhar, e angustiada de errar ou estragar a página. Principalmente quando é um caderno. Felizmente, conversando com outras pessoas que desenham, percebi que isso é normal. 🙂 E que rever depois as páginas com “erros” é muito bom. Faz parte do processo de aprender e é legal ter documentado. <3

show
Whatsapp