Slide toggle

Quem sou eu

Mãe, ilustradora, designer e empreendedora. Apaixonada por bichos, jogos, livros e chocolate. <3 Bem-vindo ao meu mundo =]

O que eu faço

Ilustras e letterings personalizados que podem ser aplicados em posters, canecas, almofadas, papelaria, convites, etc. <3

Meu pqzão :)

Quero contagiar o maior número de pessoas com coisas positivas, porque quando a energia muda, nós mudamos as nossas atitudes. E atitudes mais positivas mudam o mundo pra melhor. <3 <3

Infos

Seg - Sex: 09:00 - 18:00 São Paulo 55 11 98455-9914 katia@flyink.com.br

Mês: Setembro 2016

Quando uma criança de 3 anos te ensina coisas sobre desenho

Hoje de manhã fiquei observando meu filho de 3 anos desenhar. Percebi que ele escolhia sempre 2 cores por vez, ficava com uma canetinha em cada mão e depois começava a riscar o papel com as duas mãos. Totalmente despreocupado. Totalmente no presente: parecia que tinha uma mágica acontecendo.

Crianças de 3 anos não se preocupam com a forma. O desenhar, o sentir a ponta da caneta riscando o papel parece ser mais importante que o resultado final. Se uma linha for um navio, é um navio. As crianças podem contar histórias inteiras em um único desenho.

Não pude deixar de me inspirar com isso.

Vim pro computador decidida a desenhar algo livre de amarras e de julgamentos. Foi meio terapêutico. É bem gostoso pintar só as cores, simplesmente porque elas te chamam. Depois de colorir a tela no photoshop, me veio uma sensação: uma água calma, uma flor de lótus, uma brisa suave, o sentimento de amor e de gratidão por todas as mudanças que vêm acontecendo há algum tempo. E tive que passar pra tela esse sentimento também.

A única coisa é que desenhar no computador com mouse é muito ruim… (>_< “)
Acho que a minha próxima aquisição será uma wacom.. kkkk XD

Quando o plano falha…

E quando passa 8 semanas do projeto e você vê que não consegue ter o tempo que gostaria para seguir as regras que você mesma impôs? :O

Tem aquele ditado: “Falhe rápido, erga-se rápido”. Mude de plano. Faça dar certo de alguma forma.

No decorrer dessas semanas todas percebi que é muito difícil pra mim parar 1 hora por dia, todos os dias. Parece ridículo, né? Só 1 hora! Mas recentemente comecei um processo de busca interna e de equilíbrio dos meus papéis, e tenho alguns papéis fundamentais que não posso deixar de lado. São minha prioridade.

Então resolvi refazer meus planos e reestruturar a forma como vou me dedicar às minhas 10.000 horas.

Durante a semana farei desenhos mais rápidos, de 15 a 30 minutos, que é o tempo que tenho na hora do almoço. Percebi que esses desenhos que venho fazendo estão me forçando a buscar um estilo próprio e a perder o medo de desenhar com a caneta. Acho importante que eu faça isso vários dias seguidos.

Mas também tem coisas mais formais que eu gostaria de treinar: anatomia, perspectiva, luz e sombra, composição, desenho de observação, técnicas de pintura.. essas coisas exigem um tempo maior debruçada no caderno. E para isso quero me dedicar entre 2 a 3 horas no final de semana.

A gamificação continuará da seguinte forma:

  • 4:30hs – 10 pts
  • Mais do que 6hs – 15 pts
  • Menos que 4:30hs – -5pts

Também pretendo trabalhar com temas e desafios diferentes para cada mês.

É isso!

#GO

Jo

Jo

Sabe que eu to adorando fazer desenhos de aniversário? 😀

Monstro com fome

Eu tenho vários monstros internos.

E eles adoooooram doces! <3

Unicórnios

Aniversário Marcela

Desafios 2Minds – RPG

Esta semana o Desafios 2Minds me resgatou algo que eu adorava: os jogos de RPG. Eu, meu irmão e meus primos passávamos dias e madrugadas jogando D&D sem parar. Eu gostava de jogar como DM (Dungeon Master), criar as aventuras, estórias intrigantes, monstros assustadores, tesouros escondidos, labirintos..

Como jogadora, eu preferia de jogar como guerreira ou como ladra. Acumulava vários itens, tinha que ficar comprando mula pra levar tudo..

Bons tempos! 🙂

Esse desenho aí é da minha ladra.

show
Whatsapp